O primeiro passo antes de colocar uma casa ou apartamento à venda ou para locação é a avaliação do imóvel. Para determinar o valor justo de mercado para começar a negociação, são seguidos alguns procedimentos. Veja no tutorial a seguir o que é levado em consideração na hora de avaliar um imóvel.

1) Laudos

O laudo se refere à avaliação técnica do imóvel e segue normas para atestar legalmente suas condições. Geralmente é emitido por arquitetos ou engenheiros que se baseiam em normas da ABNT. Nesse quesito são analisadas as características do imóvel, como por exemplo, metragem, padrões de acabamento, áreas comuns, quantidade de cômodos etc.   

2) Localização

Outro ponto importante para a avaliação do imóvel, é a região em que se encontra o empreendimento. Nesse aspecto se avalia a facilidade de acesso, condições de transporte público na região, também levando em consideração os preços praticados pelo mercado no bairro.

O que também colabora quando o assunto é localização é a proximidade de serviços e comércio, como supermercados, escolas, hospitais, shoppings, restaurantes, dentre outros.

3)  Valorização

Também se considera o desempenho da valorização de outros imóveis similares na região. Se esses imóveis tiveram uma alta de valor nos últimos anos, significa que o bairro tem bom potencial de continuar valorizando as casas e apartamentos. Essa tendência de se valorizar os imóveis também pode influenciar na avaliação.

4) Infraestrutura

Vias asfaltadas e saneamento de qualidade fazem com que os imóveis do bairro tenham valor superior do que os praticados em locais sem essas condições. A precarização das vias públicas influencia diretamente na avaliação, portanto, fique de olho nestes aspectos.

5) Reformas e estrutura

Esse é mais um importante passo para se concluir a avaliação de um imóvel. A idade geralmente determina se o imóvel precisa ser reformado e suas condições estruturais. Devem ser verificadas as condições de pintura, se há rachaduras nas paredes, sistemas hidráulicos e elétricos, acabamentos etc.

6) Diferenciais e segurança

Se a casa ou apartamento se localizam em condomínio, algumas características têm peso importante, incluindo:

  •    Área de lazer
  •    Áreas comuns
  •    Elevadores
  •    Serviços e conveniência disponíveis

A quantidade de itens oferecidos influência na avaliação. Se a área de lazer é coberta ou não também faz diferença. Dependendo das dimensões dos espaços, eles podem aumentar em 20% o valor do imóvel.

Com ou sem condomínio, a existência e o número de vagas na garagem e itens de segurança também podem elevar ou comprometer a avaliação do imóvel. Também se aplica à avaliação o nível de segurança dos moradores do lado de fora do condomínio, no próprio bairro.

7) Acabamento externo

Falamos de localização e características estruturais internas, mas a fachada e aparência exterior do imóvel também contam. Não só pela questão estética, mas porque o acabamento também entrega idade do imóvel e a destaca dos imóveis vizinhos. Portanto, condomínios e casas com boa estrutura e aparência externas tendem a valer mais.

Interessado em avaliar o seu imóvel? Entre em contato conosco que agendaremos uma avaliação gratuita.

(Visited 92 times, 1 visits today)